Curiosidades do casamento espanhol

1. El dicho popular

Temos um ditado popular famoso no Brasil que diz: "Chuva e sol, casamento de espanhol.", porém a sua origem é controversa. Há várias teorias do surgimento, das quais podemos citar três:
  • o casamento na Espanha é considerado um evento importantíssimo! Tanto que nas festa mais tradicionais, há, no mínimo, duzentos convidados, então o ditado seria uma espécie de "faça chuva ou faça sol, teremos casamento";
  • devido ao relevo e geografia montanhosa da Espanha, seria muito comum que mesmo em dias ensolarados, também pudesse chover;
  • a rivalidade na península ibérica também seria uma explicação. Há, inclusive, um outro ditado famoso em Portugal dizendo "Da Espanha, nem bom vento, nem bom casamento.", portanto a ideia seria de algo ruim, em que mesmo fazendo sol, se um espanhol for casar, vai chover. Talvez esse pensamento seja inspirado no casamento histórico e conturbado entre Dom João VI e Dona Carlota Joaquina.

2. La mantilla

Assim como no Brasil, na Espanha as noivas também costuma usar roupa branca como sinal de pureza, porém eles substituem o véu - um item tradicional da indumentária matrimonial - pela mantilla, uma pequena manta que geralmente é bordada à mão e passada entre gerações na família. Atualmente, também é comum que as noivas usem la mantilla nova bordada por elas mesmas.

3. Los cuatro talismanes

A tradição dos quatro talismãs foi importada do Reino Unido. Durante a cerimônia a noiva deve usar quatro itens que trará sorte na sua vida conjugal:
  • algo viejo (algo velho): representa sua origem, seus antepassados e familiares;
  • algo nuevo (algo novo): representa a vida nova que será escrita a partir de agora;
  • algo prestado (algo emprestado): representa o vínculo afetivo de amizade;
  • algo azul: representa a fidelidade.

4. Las Arras

Tradicionalmente o noivo presenteia a noiva com treze moedas. A tradição é inspirada na Idade Medieval Espanhola quando o marido pagava o dote ao pai da futura esposa firmando um documento chamado La Carta de Arras. Atualmente, o costume foi atualizado para que os noivos troquem moedas entre si.

5. El liguero y el ramo

Nas festas de casamento brasileiras é muito comum haver o momento solene em que a noiva arremessará o seu buquê para os convidados, na Espanha isso não acontece. Em vez disso, a noiva escolhe duas pessoas para presentear com os dois itens mais especiais do dia: a sua cinta-liga (el liguero) que fica presa na coxa e o seu buquê de flores (el ramo).

6. Pagar los cubiertos

Durante a festa pós-cerimônia os noivos passam nas mesas dos convidados entregando lembrancinhas a eles, estes retribuem com envelopes cheios de dinheiro. A quantia seria uma compensação pelo que os noivos gastaram com cada um.

7. La mano del anillo

De maneira geral, a Espanha segue o costume mundial de usar a aliança de casamento na mão esquerda, porém na região da Catalunha, de Valência e, até mesmo, na capital Madri, os cônjuges usam o anel na mão direita.

Comentários