Postagem em destaque

Tipos de textos jornalísticos

Informativos


  • Notícia: é o relato puro e simples de um fato ou acontecimento atual de interesse público e de interesse do público;
  • Reportagem: trata-se de uma notícia ampliada, com informações prestadas por mais de uma fonte. A reportagem aborda vários ângulos de um fato, esmiuçando e esgotando o assunto, além de procurar interpretar os acontecimentos;
  • Suíte: matéria com desdobramentos de um fato já noticiado, quando há novas informações sobre o assunto outrora abordado;
  • Entrevista: além de representar a principal fonte de informação para a maior parte das matérias jornalísticas, ela pode ser uma entrevista especial com perguntas e respostas - chamada nas redações de "pingue-pongue" - a uma única fonte (uma personalidade política, econômica, cultural etc.);
  • Nota: uma notícia pequena, que se destina a dar uma informação rápida sobre um determinado fato ou acontecimento.

Opinativos


  • Perfil: é uma espécie de construção da história duma personagem com enfoque num indivíduo ou numa instituição detalhando a sua trajetória. Em geral, a personagem a ser retratada tem alguma relevância social. O perfil sempre é uma oportunidade para o jornalista trabalhar o texto com um maior aprofundamento;
  • Artigo: sempre de caráter opinativo, é geralmente escrito por personalidades convidadas que aceitam colaborar com algum veículo noticioso;
  • Crônica: trata-se de um texto com observações ou impressões sobre fatos cotidianos. Faz uma mescla situando-se entre a informação da atualidade e a narração literária. Exprime a opinião do autor e pode usar recursos de ficção;
  • Coluna: é uma seção fixa no jornal que pode conter um artigo, uma crônica ou ainda, diversas notas. O responsável pela coluna pode ser um jornalista ou outra pessoa que domine bastante o tema; a estes é dado o nome de colunistas. José Marques de Melo define a coluna como sendo os "bastidores da notícia", formando a opinião pública sobre fatos cujos contornos aprofundados e definitivos serão dados por outros gêneros jornalísticos, como a notícia e a reportagem. Mesmo sendo originalmente dos impressos, é comum ver atualmente essa seção em outros veículos de comunicação;
  • Ensaio: escrito por pessoas com representatividade jornalística ou social, o ensaio sobre um determinado assunto traz referências a documentos científicos, históricos e filosóficos e tem um texto mais complexo;
  • Editorial: exprime a opinião do jornal sobre os fatos. Nunca é assinado por nenhum jornalista individualmente;
  • Resenha/Crítica: é um texto que expressa a opinião do jornalista sobre uma determinada obra, fato ou lugar. Pode ser um livro, um filme, uma peça teatral, uma exposição, um espetáculo, entre outros. Além de resumir a obra ou o fato, traz uma crítica sobre seus aspectos positivos e negativos;
  • Carta do leitor: os jornais reservam um espaço para as opiniões, críticas, sugestões e reclamações de seus leitores. Muitas vezes, algumas dessas cartas viram pauta para uma matéria. Atualmente, é possível ver algo semelhante nos telejornais com os telespectadores enviando vídeos gravados com seus próprios telefones;
  • Caricatura/Charge: é também uma forma de refletir opinião sendo que de forma ilustrada. Quase sempre de cunho irônico e humorístico, a charge costuma trazer um desenho e algum texto sucinto.

Comentários

Os artigos mais lidos

Como seria sua vida se não existisse o celular