Postagem em destaque

Tipos de textos jornalísticos

Informativos
Notícia: é o relato puro e simples de um fato ou acontecimento atual de interesse público e de interesse do público;Reportagem: trata-se de uma notícia ampliada, com informações prestadas por mais de uma fonte. A reportagem aborda vários ângulos de um fato, esmiuçando e esgotando o assunto, além de procurar interpretar os acontecimentos;Suíte: matéria com desdobramentos de um fato já noticiado, quando há novas informações sobre o assunto outrora abordado;Entrevista: além de representar a principal fonte de informação para a maior parte das matérias jornalísticas, ela pode ser uma entrevista especial com perguntas e respostas - chamada nas redações de "pingue-pongue" - a uma única fonte (uma personalidade política, econômica, cultural etc.);Nota: uma notícia pequena, que se destina a dar uma informação rápida sobre um determinado fato ou acontecimento. Opinativos
Perfil: é uma espécie de construção da história duma personagem com enfoque num indivíduo ou numa inst…

Com você

Eu quero fazer a viagem mais distante
Ouvir a canção mais entediante
Sentir o calor mais maçante
Desde que seja com você

Eu quero sair pra dançar
Quero ficar e descansar
Olhar, sentir, cheirar
Desde que seja com você

Eu quero dormir, sonhar, roncar
Quero a insônia, a ansiedade e a irritação
Quero o aperto do abraço e o afago da mão
Desde que seja com você

Eu quero o desejo, a vontade e o beijo
A conversa, a briga e o cortejo
Quero a partida, a saudade e o recomeço
Desde que seja com você

Eu quero concordar e discordar
Escutar, opinar, reclamar
Me conter, relevar, aturar
Desde que seja com você

Eu quero o computador, o telefone e o aplicativo
Assoviar e cantarolar sem motivo
Quero o choro e o riso
Desde que seja com você

Eu quero a tarde, a noite e a manhã
A amiga e também a irmã
O mais, o menos e o tanto faz
Por cima, por baixo, de lado e por trás
Desde que seja com você

Eu quero o corpo, a alma e a mente
Estar triste, nervoso e contente
Não importa quão frio nem tampouco quão quente
Desde que seja com você

Eu quero ler, escrever e rabiscar
Amassar, rasgar e descartar
Quero o bloqueio e a inspiração
Quero a razão e a emoção
Desde que seja com você

Eu quero o conto, a notícia e o texto
A desculpa, a ironia e o pretexto
Quero a palavra, embora fora do contexto
Desde que seja com você

Eu quero o silêncio, o barulho e o murmúrio
Quero a organização, a bagunça e o entulho
A arrogância, a humildade e o orgulho
Desde que seja com você

Quero ser, fingir e dissimular
Esconder, sumir e revelar
Calar, declarar, proclamar
Desde que seja com você

Eu quero o princípio, o meio e o fim
Quero o não, o talvez e o sim
Quero o ótimo, o bom e o ruim
A liberdade, a prisão e o motim
Desde que seja com você

Eu quero o feito e o desfeito
Quero o perfeito e o imperfeito
Acalentar no peito e pegar de jeito
Desde que seja com você

Eu quero foder, suar, gozar
Quero comer, bater, xingar
Socar, agüentar, não parar
Desde que seja com você

Eu quero o cabelo, a pele e o odor
Quero o gosto, o desgosto e o sabor
Quero o amor, o prazer e a dor
Desde que seja com você

Eu quero o e-mail, a ligação e a mensagem
Quero a mordida, o sexo e a massagem
O acordo, o consenso e a chantagem
O pudor, a devassidão e a sacanagem
Desde que seja com você

Eu quero aqui, ali e acolá
Não importa a hora e nem o lugar
No Norte ou Nordeste, no Sul ou Sudeste
De Leste a Oeste
Desde que seja com você

Eu quero a noção do tempo perder
Quero a voz na madrugada
O cantar do galo no amanhecer
Ainda que os olhos não consigam ver
Desde que seja com você

Eu quero me refrescar e também me aquecer
Quero estar e quem me dera...
Ah, quem me dera permanecer!
Desde que seja, meu amor, só e somente com você!

Os artigos mais lidos

Como seria sua vida se não existisse o celular