Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2017

Postagem em destaque

Cedo demais

Imagem
Segure-me nos seus braços
Afaste-me do mal
Você nunca me decepcionará
Eu sei que você é apenas um bom homem
Você se cansará antes de vermos a terra
Você nunca me decepcionará
Ó, eu estive fugindo toda a minha vida
Eu fugi, eu fugi mesmo
É, eu estive esperando toda a minha vida
Você não chegou cedo, você não chegou cedo demais
Querido, eu o costurarei
Querido, eu o ajustarei no meu coração
Querido, eu o encontrarei
Querido, eu o manterei no meu coração
Você arriscará tudo isso por apenas um beijo
Eu prometo que não resistirei
Prometa que você não vai me conter
E qüando chegarmos num bom lugar
Vamos assegurar de não deixar rastros
Prometa que eles não vão nos rastrear
E eu estive fugindo toda a minha vida
Eu fugi, fugi mesmo
É, eu estive esperando toda a minha vida
Você não chegou cedo, você não chegou cedo demais
Querido, eu o costurarei
Querido, eu o ajustarei no meu coração
Querido, eu o encontrarei
Querido, eu o manterei no meu coração
Eu estive esperando toda a minha vida
Você não…

Parada obrigatória

Imagem
Saber a hora de parar...

Talvez esta seja a maior de todas as sabedorias.
É um desafio! Principalmente nos dias de hoje em que prevalece a máxima do “nunca desista”, "foco, força e fé" etc.
Veja bem, não é minha intenção afirmar que deve-se desistir, não acreditar e sequer lutar. Não, de forma alguma!

Só que é importante pensar bem para não confundir a fraqueza da desistência com a sabedoria da parada.

Muitos de nós por não conseguirmos ter este discernimento ficamos presos em algo que não nos realiza, não edifica e nem frutifica. E isso acaba nos machucando e muitas vezes minando a nossa autoconfiança e autoestima por termos a sensação de estarmos estagnados.

Reflita comigo: um lutador que já apanhou tanto do adversário, a ponto de possivelmente morrer caso levante e receba mais um golpe. Seu treinador e ele mesmo estariam sendo covardes ao jogar a toalha e reconhecer a vitória do oponente? Será que essa não seria a hora de parar a luta? Não seria um ato de inteligência e d…