Postagens

Mostrando postagens de Março, 2015

Sia e o seu coração elástico

Imagem
Passeando na internet pelas canções mais populares da atualidade, me esbarrei em uma que – sem trocadilho com o título da canção – palpitou meu coração. Trata-se de " Elastic Hear t " , da cantora Sia . Confesso que nunca havia ouvido falar dessa artista, porém, estimulado pela batida contagiante da música , aliada a uma potente voz e letra instigante, resolvi pesquisar a respeito dela. E como resultado, descobri que, além da bela voz, ela tem uma personalidade e história muito interessantes. Sia é australiana e está atualmente em seu sexto álbum solo. Ela começou a ganhar notoriedade colaborando com o grupo inglês Zero 7 . Pela minha ignorância, percebi que Sia já é uma artista muito gabaritada e bem-conceituada . Sendo responsável por hits de vários outros artistas. Avessa declarada à fama, ela ficou por um longo tempo afastada dos holofotes preferindo trabalhar nos bastidores da indústria musical como compositora e fazendo participações ao lado de outros cantores.

Enquanto houver vida, haverá esperança

Recentemente assisti ao filme “A Teoria de Tudo” , longa-metragem que conta um pouco da história do renomado cosmólogo Inglês Dr. Stephen Hawking – passando desde a descoberta de sua doença aos 21 anos, pelo desenvolvimento da teoria dos buracos negros no universo e focando principalmente no relacionamento com sua primeira esposa, a doutora em artes Jane Wilde ; já que o filme é baseado no livro de memórias escrito por ela. Porém, meu intuito aqui não será comentar sobre o filme em si ou lançar spoilers . Stephen é portador da Esclerose Lateral Amiotrófica – também conhecida como Doença do Neurônio Motor. Uma disfunção genética que paralisa gradativamente todos os músculos do corpo, impedindo qualquer tipo de movimento voluntário. Atualmente, ele é apenas capaz de movimentar os olhos e um minúsculo músculo da bochecha, o qual é utilizado para controlar o sintetizador eletrônico de voz, responsável por interpretar seus movimentos e converter em fala. Depois de ver a versão c