Dilemas Rubro-Negro


Dilemas Rubro-Negro / Fonte da foto: sportv.com.br
  O Brocador vem ganhando espaço desde a contusão de Marcelo Moreno
Mano Menezes terá pela frente o problema que todo treinador adora resolver: O dilema de ter apenas uma vaga para dois jogadores que correspondem dentro do campo (nesse caso são duas vagas para quatro jogadores).

No meio de campo ele terá de optar por Cáceres ou André Santos

Contra o Atlético-MG, o volante paraguaio deu mais consistência à “meia cancha” flamenguista, a zaga ficou mais protegida. Porém, contra a Portuguesa foi possível detectar certa falta de criatividade do setor. Nesse sentindo, André Santos caiu como uma luva. O lateral esquerdo de origem deu mais qualidade no passe da equipe e consequentemente mais poder de criação. O que se viu no “Fla-Flu” foi um Flamengo muito mais perigoso do que nos últimos jogos.

Então, com André Santos o “mais querido do Brasil” ganha poder ofensivo, já com Cáceres a equipe reforça o setor defensivo. No geral, o meu preferido é André, apesar do comandante rubro-negro ter acenado com a possibilidade de Luiz Antônio ser sacado do time e os dois jogarem juntos.

Independente do volante que será escalado, o ex-lateral da Seleção Brasileira não pode deixar de estar entre os titulares. O ganho técnico do Flamengo na última partida foi muito satisfatório.

Moreno ou Brocador?

Sem dúvidas Marcelo Moreno é superior à Hernane tecnicamente, mas quando o “Brocador” entra ele supera todas as expectativas, além de ser o artilheiro do Flamengo no ano, com 18 gols, e está pedindo passagem desde a contusão do boliviano, na partida contra o Atlético-MG (10/07).

Essa é uma disputa mais complicada de se resolver. Moreno é melhor jogador, mas o Brocador está aproveitando todas as chances que vem tendo. Mesmo com os bons números do camisa 9 flamenguista.

Tenho preferência por Marcelo Moreno por achá-lo “um jogador mais completo”, e também por Hernane ter o estilo de jogador que sempre deu certo no Flamengo: o que não tem lá muitas qualidades técnicas, mas que sempre entra bem no segundo tempo, como os folclóricos Obina e Fio Maravilha.

Veja gols do "Brocador" rubro-negro:


Gostou do artigo? Não esqueça de compartilhar com os amigos e parabenizar o autor deixando seu comentário! 

Sobre o Autor:
Vinícius Ramalho
Vinícius Ramalho é jornalista formado em 2012. Apaixonado por esporte (principalmente por futebol) e ligado nas mídias sociais.

Postagens mais visitadas deste blog

Como seria sua vida se não existisse o celular

Coisas que aprendi estudando russo